José Valente MIL

José Valente (PT)

Sexta-Feira, 27 Março23h00 - 23h45Lounge Concertos

Considerado um dos violetistas mais inovadores de sua geração, José Valente continua a desenvolver uma intensa atividade musical definida pela irreverência, contemporaneidade e virtuosismo da sua composição e composição. Com doutoramento em Arte Contemporânea por distinção unânime pela Universidade de Coimbra, apresentou-se em muitos salões e locais em todo o mundo, como o Carnegie Hall (convidado a ser solista de Paquito d’Rivera) ou o Festival Bookaroo (Índia) e trabalhou com, entre outros, Dave Douglas, Alberto Conde ou Don Byron. Premiado com uma menção honrosa no Composition Award Lopes-Graça 2009, entre outros prêmios, ele também recebeu o título de The Hannah S. e Samuel A. Cohn Memorial Foundation Endowed Fellowship (EUA). Compõe e colabora com vários artistas e músicos da cena contemporânea, com obras como “Sonata for Viola and Empty Cube”, com curadoria de João Silvério; “Ninguém é Original” para o Centro Internacional José de Guimarães; Banda sonora de “Sagrado” para Ruptura Silenciosa; Trilha sonora “Desconectada” do show de dança de Mafalda Deville; “Passaporte” para viola solo, uma comissão da Antena2 / RTP para a 32ª edição do Prémio Jovens Músicos; e recentemente “Embalo para Bernardo”, dedicado a Bernardo Sassetti, pelo álbum “The Wake of an Artist”, de Alberto Conde Iberian Roots Trio, lançado pela Clean Feed Records. O seu último álbum “Serpente Infinita” recebeu 5/5 estrelas pela revista jazz.pt, continua a ser elogiado pela crítica nacional e internacional e foi recentemente distinguido com o Prémio Carlos Paredes 2019.